class="post-template-default single single-post postid-9067 single-format-standard wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.5 vc_responsive" itemscope="itemscope" itemtype="https://schema.org/WebPage" data-adminbar="">

Pausa pro Café

 em Informativos

Seja realizando as atividades no trabalho ou os afazeres domésticos, fazer uma pausa acaba se tornando uma tarefa difícil. A verdade é que essa pausa é necessária e pode proporcionar vários benefícios, tanto para o corpo, quanto para a mente.

Intervalos

Os intervalos no trabalho são regulamentados por lei e funcionam de acordo com cada jornada. Ele é importante para reduzir o estresse e aumentar a produtividade. Possibilitar que a equipe tenha um intervalo para café no horário de trabalho é uma iniciativa simples, com pouco custo, mas com um efeito considerável no bem-estar, saúde e satisfação dos profissionais. A estratégia pode durar de segundos a alguns minutos e envolve desde tomar uma xícara de café até alongar ou ouvir uma música.

Benefícios

Quando você faz uma pausa, essa ação ajuda você a relaxar a mente e colocar as ideias no lugar. O cansaço mental é um das principais causas da queda de produtividade.
Executar uma mesma tarefa por um longo período é cansativo. Com o passar do tempo você se sente desmotivado e desconcentrado. Você pode começar a agir mecanicamente, prejudicando o seu senso crítico e o rendimento profissional. Ao fazer uma pausa, você permite que a mente descanse fazendo com que se consiga focar melhor na tarefa e obter melhores resultados.

Se você está com um problema e não sabe como resolver, experimente fazer uma pausa. Abstraia qualquer pensamento que o conduza ao problema em questão. Com o cérebro cansado, dificilmente se consegue ter ideias novas e criativas. Além da criatividade ser muitas vezes a solução indispensável, ela ajuda a tornar as tarefas mais prazerosas e ainda auxilia no aumento da produtividade.

Por quanto tempo?

Não há consenso sobre quanto tempo o intervalo deve durar ou com que frequência se deve fazê-lo. Na realidade, se você costuma se reclinar para falar com uma pessoa ao seu lado ou dá uma olhada no smartphone, é possível que você já esteja fazendo um intervalo. Segundo Sooyeol Kim, doutorando da Universidade de Illinois e especialista em microintervalos, há apenas duas regras: eles devem ser curtos e voluntários.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário